Dois últimos shows nacionais atraem 16 mil pessoas à 33ª Oktoberfest

Alok e Leonardo e Eduardo Costa, com espetáculo Cabaré Night Club, agitaram os visitantes na Arena de Shows

Os shows nacionais costumam ser um dos principais destaques de todas as edições da Oktoberfest de Santa Cruz do Sul. Nesta 33ª edição, encerrada neste domingo, 15, não foi diferente. Na sexta-feira, 13, foi dia de Alok, artista da música eletrônica, comandar a Arena de Shows da Festa da Alegria e, no sábado, a estrutura foi palco do espetáculo Cabaré II Nigth Club, com os cantores sertanejos Leonardo e Eduardo Costa. Ao todo, as apresentações atraíram cerca de 16 mil pessoas para o Parque da Oktoberfest. “Não poderíamos estar mais contentes com o resultado de público dos shows nacionais desta edição da Festa da Alegria”, comenta o presidente da festa, Djalmar Ernani Marquardt.

Em sua terceira vez consecutiva na Festa da Alegria, Alok fez história. Os visitantes e amantes da música eletrônica provaram o motivo de continuarem pedindo a presença do artista em terras santa-cruzenses. Com a abertura da dupla Selva, de São Paulo, o show de Alok movimentou as estruturas da Arena de Shows na sexta-feira, 13. Com uma infraestrutura repleta de efeitos especiais, o artista apresentou seu repertório contemplado por diversos hits mundiais como Byob, Me & You, Never Let Me Go, Fuego e a tão aguardada Hear Me Now.

Já no sábado, 14, o ambiente se transformou para receber, pelo segundo ano, os cantores Leonardo e Eduardo Costa com o espetáculo Cabaré II Night Club. Com os grandes sucessos do modão sertanejo, uma estrutura diferenciada e bailarinas, os artistas embalaram o público. “Eles têm um show diferenciado, por isso, que os visitantes pediram para que voltassem à Oktoberfest”, acrescentou Marquardt. A apresentação contemplou sucessos das décadas de 80 e 90 como Fio de Cabelo, Borbulhas de Amor, Blusa Vermelha, Garçom, Laço Aberto e Ainda Ontem Chorei de Saudade.

Fotos: Rodrigo Assmann.