Santa Cruz do Sul encerra 33ª Oktoberfest com um público pagante superior a 135 mil pessoas

Número de visitantes, no parque e na cidade, é estimado em cerca de 380 mil pessoas em 12 dias de intensa programação artística e cultural

A 33ª Oktoberfest de Santa Cruz, que iniciou dia 4 de outubro e se encerrou neste domingo, 15, segue entre os maiores eventos do Rio Grande do Sul. De acordo com a Associação de Entidades Empresariais de Santa Cruz do Sul (Assemp), parceira do Município na organização do evento, o público pagante do evento é superior a 135 mil pessoas, em 11 dias de cobrança de ingressos. O número fica abaixo do registrado em 2016, quando 160 mil pessoas prestigiaram a Festa da Alegria. “Os dias de chuva intensa realmente prejudicaram a presença de público no Parque, mas mesmo assim, estamos muito satisfeitos com os resultados”, destacou o presidente da Assemp, Léo Henrique Schwingel, durante a coletiva de imprensa na tarde deste domingo, 15. Durante a semana, a Assemp vai divulgar números finais da Festa da Alegria, de público e consumo de alimentos e bebidas.

O último fim de semana, de tempo bom e de temperatura agradável, foi decisivo para a 33ª Oktoberfest recuperar os dias de chuva. O Parque da Oktoberfest esteve lotado na tarde e noite de sábado, 14, e durante todo o domingo, quando o acesso de crianças até 12 anos foi liberado pela organização. “É muito bom ver o nosso parque repleto de famílias, se divertindo e aproveitando toda a programação que preparamos com tanto carinho. Realmente, um domingo para fechar com chave de ouro e entrar para a história da Festa da Alegria”, salientou o presidente da 33ª Oktoberfest, Djalmar Ernani Marquardt.

Durante 12 dias, o Parque da Oktoberfest reservou aos visitantes uma intensa programação artística e cultural, dentro do tema da 33ª edição: Arte, Tradição e Fé. Foram dezenas de apresentações de danças folclóricas, no Pórtico e no Palco LIC, dentro do Projeto Arte em Movimento; rondas folclóricas pelo parque; bandas itinerantes; jogos germânicos; Torneio de Stocksport; Encontro de Corais; celebrações religiosas; aulas de gastronomia e língua alemã; e Olimpíada Rural. Os dois desfiles de carros alegóricos, realizados nos dois domingos, 8 e 15 de outubro, reuniram mais de 2,5 mil figurantes e cerca de 70 mil espectadores no centro da cidade. “É uma das atrações mais esperadas pelos visitantes e pela comunidade e que novamente foi um grande sucesso. Só temos a agradecer a todos que prestigiaram”, completa Marquardt.

Novidades – Os visitantes da 33ª Oktoberfest tiveram a oportunidade de prestigiar diversas apresentações que tinham como intuito evidenciar as tradições dos imigrantes alemães. Entre as novidades desta edição estava o Projeto Arte em Movimento, classificado como parte artístico-cultural de evento no sistema Pró-Cultura RS da Lei de Incentivo à Cultura (LIC). O objetivo era resgatar e apresentar atividades incorporadas à cultura alemã, com destaque para as linguagens artísticas como a dança, a música e o teatro. No total, o projeto contou com cerca de 90 apresentações e teve o apoio do Centro Cultural 25 de Julho, Sociedade Cultural e Folclórica Oktobertanz e projeto Bandas Típicas, bem como o patrocínio da Philip Morris.

Língua Alemã – Uma das atrações culturais da 33ª Oktoberfest foi a Escola de Língua Alemã, realizada pela Escola Auf gut Deutsch de Santa Cruz do Sul. As atividades tiveram o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura (LIC) e proporcionaram aos visitantes uma oportunidade de contato direto com a língua. “As aulas foram muito dinâmicas e contemplaram escrita e pronúncia, o que é muito interessante”, comentou a professora e diretora da Escola Auf gut Deutsch, Jaqueline Bender. As aulas foram embasadas na temática da 33ª Oktoberfest: Arte, Tradição e Fé, abordando a tradição dos Wandschoner, panos de paredes bordados a mão. “Tivemos alunos de todos os lugares e, a ideia, foi de transmitir esta arte para eles. As turmas adoraram, eram animadas e interagiram muito”, enfatizou a professora.

Olimpíada – A grande novidade da 3ª edição da Olimpíada Rural da Oktoberfest foram as etapas classificatórias no interior do município, em julho e agosto, nas localidades de Linha João Alves, Monte Alverne e Rio Pardinho. Em cada uma delas foi classificada uma equipe de 16 integrantes, que competiram as finais com as 11 equipes da Liga Integração de Futebol Amador de Santa Cruz do Sul (Lifasc). As finais aconteceram durante a Festa da Alegria, nos dois domingos, 8 e 15 de outubro. “A Olimpíada Rural tem por finalidade promover a integração social entre as equipes, estimular o espírito participativo e desenvolver aspectos culturais e recreativos”, declarou o presidente da festa, Djalmar Ernani Marquardt.

A grande campeã geral ficou a equipe União, seguida do Futebol Clube Rio Pardinho, Linha Nova, São José e Juventude. Como premiação, os grupos receberam troféus. Na classificação por modalidade venceram: Juventude (Bolão de Mesa), Avante (Bola Presa), Aliança (Corrida de Saco), F.C Rio Pardinho (Corrida Carrinho de Mão), Rio Pardinho – Mercado das Pulgas (Trocar Roda de Carroça), Linha Nova (Serrar Lenha) e União (Cabo de Guerra). Cada equipe recebeu troféu e medalhas para cada atleta. A atração cultural foi promovida pela 33ª Oktoberfest em parceria com a Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Civil e Esporte, apoio da Lifasc e patrocínio da Sicredi Vale do Rio Pardo.

Fotos: Rodrigo Assmann.